Voltar para Artigos


logo

© 16 de dezembro 2016 Revive Israel Ministries

Israel Terá um Papel Distinto na Era Por Vir?

Dan Juster

Há muitos textos que asseguram uma posição gloriosa para Israel na era por vir. O espaço aqui nos permite citar apenas alguns.

Judá, porém, será habitada para sempre, e Jerusalém, de geração em geração. (Joel 3.20)

Mudarei a sorte do meu povo de Israel; reedificarão as cidades assoladas e nelas habitarão, plantarão vinhas e beberão o seu vinho, farão pomares e lhes comerão o fruto. Plantá-los-ei na sua terra, e, dessa terra que lhes dei, já não serão arrancados, diz o SENHOR, teu Deus.(Amós 9.14,15)

Nos últimos dias, acontecerá que o monte da Casa do SENHOR será estabelecido no cimo dos montes e se elevará sobre os outeiros, e para ele afluirão todos os povos.Irão muitas nações e dirão: Vinde, e subamos ao monte do SENHOR e à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos pelas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e a palavra do SENHOR, de Jerusalém.Ele julgará entre os povos e corrigirá muitas nações; estas converterão as suas espadas em relhas de arados e suas lanças, em podadeiras; uma nação não levantará a espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra. (Isaías 2.2-4)

Esses versículos parecem descrever as condições que existirão numa Terra renovada, não no Céu.

Note o paralelo em Isaías 11. Depois que a espada vem do ungido do Senhor, o Messias, e ele destrói os perversos, lemos nos versos de 4 a 9:

O lobo habitará com o cordeiro, e o leopardo se deitará junto ao cabrito; o bezerro, o leão novo e o animal cevado andarão juntos, e um pequenino os guiará. A vaca e a ursa pastarão juntas, e as suas crias juntas se deitarão; o leão comerá palha como o boi. A criança de peito brincará sobre a toca da áspide, e o já desmamado meterá a mão na cova do basilisco.Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque a terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar.

Essa descrição novamente é de uma Terra renovada.

Isaías 2; Isaías 19.20-24; Isaías 65, 66; Zacarias 14; Malaquias; Ap 11; Atos 15; Romanos 15; Ap 21. Essas passagens descrevem um mundo real com pessoas de verdade que são maravilhosamente reais. A Era Por Vir pode ser melhor compreendida como sendo toda a bondade, beleza e verdade que conhecemos neste mundo redimidas e aprimoradas num nível incrível além da nossa compreensão.

Zacarias 14 diz que todas as nações subirão para Jerusalém para celebrar a Festa dos Tabernáculos. Aqueles que não subirem não terão chuva em sua terra. Isso não parece ser compatível com a Era da Consumação – isto é, o estado eterno nos novos céus e nova terra.

Além disso, há promessas de um Sacerdócio Levítico restaurado e um Templo restaurado. (Ezequiel 40-48; Jr 33.17,18)

Essa ideia de um Templo restaurado onde sacrifícios são oferecidos é a mais difícil do texto milenar para aqueles cujas sensibilidades não podem abraçar o sentido literal. Até mesmo alguns pré-milenistas não conseguem aceitá-lo. 

Para os que adotam a linha pré-milenista, Apocalipse 20 fornece uma chave interpretativa para essas passagens, descrevendo um tempo em que Satanás fica preso por mil anos e os mártires ressuscitam. Eles governam e reinam com o Messias por mil anos.

Se aqueles que receberam Yeshua são a Noiva do Messias, então quem são os convidados para o casamento? Se governaremos com ele, quem são os que serão governados?

Como os 12 apóstolos de Yeshua se sentarão em tronos e julgarão as 12 tribos de Israel? 

Poderíamos continuar nessa linha por um bom tempo. Contudo, dá para notar que apenas uma visão pré-milenista une todas essas passagens e torna o simbolismo mais coerente. Nós também acreditamos que há uma aplicação dessas mesmas verdades para cada tribo, língua e nação no Milênio. O cumprimento literal das profecias para a nação de Israel faz com que a maioria dos judeus messiânicos adotem o pré-milenismo — exatamente aquilo em que acreditava a igreja apostólica nos primeiros séculos.


O Quê? Eu disse SIM para VOCÊ também?

Liat Archer

Na semana passada, tive dois sonhos sobre casamento. Num deles, eu estava casada com um judeu etíope e no outro com um cristão árabe. Durante o último encontro Jerusalem Global Gathering, tive uma nova revelação: quando disse SIM a Yeshua como meu Senhor e Salvador, também disse SIM a um relacionamento de aliança semelhante ao casamento com as pessoas de todos os povos, tribos e línguas que também disseram SIM a ele.

Esse “casamento” é o resultado de todos nós sermos um Corpo de Cristo por causa da Nova Aliança. Isso também é conhecido como o Novo Homem. Nesse tipo de relacionamento, também sou chamada para cuidar de outros membros do Corpo de Cristo da mesma forma que cuido do meu próprio marido. Quando meu marido adoece ou passa por um período difícil, eu entro em ação para servi-lo e apoiá-lo. Portanto, eu deveria ter a mesma atitude e reação quando companheiros cristãos passam por dificuldades, pois, espiritualmente falando, somos casados.


O Que Vem Depois da Reconciliação?

Asher compartilha o que ele aprendeu a partir das suas experiências no movimento de reconciliação entre árabes e judeus ao longo das últimas décadas. Foi o início de um processo que Deus começou, mas que ainda não terminou. Desenvolver a reconciliação na prática já é difícil, mas a pergunta que se faz agora é: o que vem a seguir?

ASSISTA!


Promoção de Fim de Ano!

All Authority está na promoção! Adquira sua cópia com 50% off!
Visite nossa loja online agora até o final de dezembro para conferir os descontos e Frete Grátis em todos os pedidos!

Nós do Revive Israel desejamos a vocês um final de ano abençoado!


Voltar