Voltar para Artigos


logo

© 11 de março 2016 Revive Israel Ministries

O Modelo de Atos

Asher Intrater

A Bíblia inteira contém fatos e eventos históricos; e, ao mesmo tempo, é a Palavra divina que fornece um padrão de como devemos viver em nossos dias. A Bíblia foi escrita no passado, mas contém segredos predestinados de Deus que estão sendo revelados apenas hoje (Romanos 16.25-26).

Buscamos sabedoria por meio das Escrituras para descobrir como conduzir nossas vidas individualmente, e como atuar em nossas congregações corporativamente. O livro de Atos descreve como os discípulos do primeiro século de fato procederam. Eles servem de exemplo para nós; portanto, tentamos agir como eles.

Alguns podem dizer: “Vocês são tão arrogantes a ponto de pensar que são como os grandes apóstolos?”. É exatamente o oposto: Eles são os Construtores Mestres do Modelo, e nós humildemente buscamos seguir o padrão que eles nos deram. Queremos fazer tudo “segundo a planta dada por escrito” (1 Crônicas 28.11, 12, 19; Êxodo 25.9, 40).

Quando começamos nossa equipe no Revive Israel, adotamos Atos Um como nosso modelo; e continuamos a fazer assim. Os discípulos naquela época serviam como uma equipe que tinha recebido um chamado de Yeshua para impactar o mundo para o reino de Deus. O Revive Israel é uma equipe de jovens israelenses que estão buscando seguir o modelo dos apóstolos em Atos Um.

Quando demos início a Ahavat Yeshua, nossa congregação em Jerusalém, adotamos Atos Dois como nosso modelo; e continuamos a fazer assim. Havia uma comunidade no centro de Jerusalém, cheia do Espírito Santo, vivendo dentro da cultura judaica, e compartilhando as boas novas de Yeshua com nosso povo. Ahavat Yeshua busca se espelhar na comunidade de Atos Dois.

Na congregação de Tiferet Yeshua em Tel Aviv, sentimos que havia uma vocação na área de evangelismo e milagres. Em Atos 9.35-36, houve um grande avivamento na região metropolitana de Tel Aviv desde Lod, até Sharon e Jaffa. Desejamos esse mesmo avivamento em Tel Aviv hoje. Agora, a congregação está começando a enviar mestres, profetas e evangelistas como aconteceu em Atos 13.1-4. Tiferet Yeshua busca o mesmo avivamento de Atos Nove e o mesmo envio de obreiros como em Atos Treze.

Em Tikkun International, temos uma visão de cooperação entre equipes e redes de ministério que possuam valores “restauracionistas” semelhantes. O modelo que adotamos é o de Atos Quinze. Essa é uma passagem significativa em que líderes internacionais se reuniram para resolver problemas e dar uma direção que afetaria a comunidade da fé do mundo todo. Pedro estava lá, e Paulo, e Tiago e muitos outros dentre os “apóstolos e presbíteros” (Atos 15.4, 6, 22, 23, 33). 

Eles trataram de assuntos centrais tais como:

  1. Relacionamento entre judeus e gentios;
  2. Equilíbrio entre a Lei e a Graça;
  3. Esferas de autoridade entre os vários apóstolos;
  4. Estratégia e fundamentos teológicos;
  5. Arbitragem de disputas entre líderes. 

Esse era um conselho internacional de líderes apostólicos cuja base estava em Jerusalém. Eles oravam e discutiam as questões em profundidade; e então enviavam suas decisões por escrito. A sabedoria e a autoridade deles produziram crescimento e unidade no Corpo do Messias no mundo inteiro. Ansiamos por ver esse tipo de cooperação baseada em Atos Quinze.

Por favor, junte-se a nós para cumprir essas visões emocionantes dentro do “Modelo de Atos”.


A Família de Deus

Nesta mensagem de áudio, David Demian compartilha um pouco da sua jornada de vida e do coração e desejo de Deus para que nós como a Eclésia global possamos andar como uma família. Para ouvir em inglês, clique AQUI!


Jejum de Ester

Todo ano, durante o Jejum de Ester, realizamos um evento que dura um dia inteiro, transmitido ao vivo pela internet, de adoração, jejum e oração. Convidamos você a participar conosco no dia 23 de março, 2016, das 8h às 18h, horário de Israel, neste momento importante em que juntamos nossas forças para lutar para que os planos e propósitos de Deus prevaleçam sobre todos os desígnios malignos contra o povo de Deus em nossa geração. Ofereceremos tradução do hebraico para o inglês. Para assistir ao vídeo de divulgação em inglês, clique AQUI!


Crise de Refugiados na Grécia

Greta M

Na segunda-feira, caos e confusão irromperam no ponto de passagem Idomeni entre Skopje e Grécia, quando refugiados sírios e iraquianos frustrados tentaram atravessar a cerca da fronteira da Macedônia que foi bloqueada até novo aviso. Forças armadas gregas estão trabalhando dia e noite para montar vilas de barracas. A Grécia, a principal porta de entrada dos imigrantes para a Europa, agora abriga certa de 30 mil refugiados, e o número continua a crescer. Mais de um milhão de refugiados chegaram à Europa no ano passado e por volta de 133 mil já foram para lá até agora em 2016. É a maior crise de refugiados desde a 2ª Guerra Mundial. Mais de 400 imigrantes morreram ou desapareceram este ano tentando atingir a costa da Europa através dessa passagem curta, porém perigosa, cruzando da Turquia para a Grécia.  

Por favor, ore para que esse rápido acúmulo de imigrantes na fronteira norte da Grécia não crie um desastre humanitário nem reações violentas.


Voltar