Voltar para Artigos


logo

©14 de agosto 2015 Revive Israel Ministries

Maturidade Espiritual – Não Seja um Acusador dos Santos

Asher Intrater

Depois de tantos anos servindo ao Senhor, desenvolvi um nível tão alto de maturidade, sabedoria e discernimento que sei o que está errado com todas as outras pessoas: membros das nossas congregações, parceiros de ministério e líderes espirituais. Guardei e organizei em categorias todas as falhas dessas pessoas em inúmeros arquivos mentais em minha memória. 

Muitas das minhas discussões com outros líderes são para examinar os erros daqueles com quem trabalhamos. Grande parte da minha vida de oração se resume em repetir esses problemas diante do Senhor. Com frequência, meus pensamentos têm a ver com as falhas dos outros. Isso me faz lembrar de um versículo das Escrituras:
Apocalipse 12.10: “Então, ouvi grande voz do céu, proclamando: Agora, veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus.”

Oh, meu Deus! Será que o que tenho chamado de maturidade espiritual é, na verdade, serviço a Satanás? (A palavra “Satanás”  שטן em hebraico significa “acusador”.) Qual porcentagem das minhas conversas está ligada aos erros dos outros? E das minhas orações? E dos meus pensamentos? Talvez você devesse se perguntar as mesmas coisas.

De acordo com o verso acima, se pudéssemos apenas parar de acusar e condenar uns aos outros, um grande poder espiritual seria liberado.  Vamos fazer a seguinte oração juntos: “Senhor, limpa-me de todos os espíritos satânicos que acusam meus irmãos e irmãs! Ajuda-me a ser o defensor deles diante de ti, como Yeshua (1 João 2.1) e interceder por eles, não contra eles (Romanos 8.34)."


A Família da Fé

Mikha'el Kerem

Um oficial do governo israelense me explicou recentemente que no judaísmo existe um termo em hebraico (ערבות הדדית ), que significa responsabilidade/solidariedade mútua. É o que motiva israelenses e judeus a irem ao auxílio de outros judeus em meio a desastres naturais e crises humanitárias ao redor do mundo. É claro que essa ajuda é estendida a outros, mas essa é uma das razões por que você vê as equipes de resgate israelenses e hospitais de campo se prontificarem tão rapidamente para dar suporte. Ele, então, me perguntou: “Por que isso não acontece entre os cristãos?"

Embora existam várias organizações cristãs de ajuda humanitária, muitas delas não trabalham especificamente para ajudar outros cristãos. As palavras de Yeshua em Mateus 24 sobre o fim dos tempos geralmente criam uma tensão em nós; “ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; haverá fomes, doenças e terremotos em vários lugares… E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim.”

Em João 13 ele diz: “Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros.”

A nossa reação em momentos de crise pode ser uma grande oportunidade para compartilhar o evangelho com os perdidos, mas também devemos nos lembrar daqueles que pertencem à família da fé. Quando amamos uns aos outros como Yeshua nos ordenou, todos verão a autenticidade da nossa fé.

Enquanto aguardamos a volta de Yeshua, nossas prioridades devem ser vigiar e orar mostrando misericórdia e proclamando o evangelho do Reino. Mas esses mandamentos são para um período em que a “iniquidade está se multiplicando” e o “amor de muitos esfriando”. Proclamar a verdade, tanto em nossas ações como em nossas palavras, será a marca da igreja do fim dos tempos no Oriente Médio, especialmente se vamos ver os filhos de Ismael voltando à casa do seu pai Abraão e a “estrada” de Isaías 19 (do Egito à Assíria) que será estabelecida para abençoar as nações.


Navegando para o Mesmo Destino

Cody Archer

Durante nossa reunião de adoração matinal da semana passada, veio uma imagem à minha mente que creio ter sido do Espírito Santo. Vi nossa equipe do Revive Israel num barco bem pequeno navegando pelo oceano. Quanto mais avançávamos, mais encontrávamos outros barcos de todos os tipos e tamanhos que tinham partido antes de nós. Esses barcos tinham nomes como: Aglow, Tikkun, Gateways, IHOPKC e muitos outros ministérios e congregações com quem temos parceria. Muitos desses barcos eram bem maiores que o nosso, mas ao nos avistarem, se aproximavam para ficar ao lado ou atrás do nosso pequeno barco. Começamos a formar um 'V' na água com os apóstolos à frente definindo a direção e o curso. Nosso destino era o retorno do Rei Yeshua a Jerusalém para estabelecer o seu reino e nosso chamado para governar com ele sobre a terra.

Vários outros barcos perceberam a unidade de propósito que tínhamos e estavam tentando nos alcançar e se juntar à formação. Também vi as ondas quebrando na praia e as pessoas na terra nos observando e começando a entrar em seus barcos para se juntarem a nós. Porém, para muitos, isso era difícil por causa do tamanho das ondas, que seriam os temores e a teologia errada a respeito do fim dos tempos.

Em todas as direções, os barcos balançavam para cima e para baixo nas ondas sem uma direção ou um propósito claro. Senti no Espírito Santo que deveríamos interceder por esses e por todos aqueles que estavam tentando nos alcançar, deveríamos chamá-los para o seu lugar, pois o tempo é curto. Nós precisamos deles na formação conosco, preparados para o fim dos tempos e buscando apressar a volta de Yeshua.


Oração por Eddie - Pastor da Congregação Ahavat Yeshua

Jackie Santoro

Muito obrigado por suas orações fervorosas e incessantes. O amor demonstrado tem sido um bálsamo curador para Eddie.

A cirurgia de cinco horas foi muito bem-sucedida de acordo com o médico. Um grande tumor foi removido, e agora Eddie está se recuperando e progredindo muito bem. Estamos aguardando um laudo médico.

Por favor, continue orando pelo melhor de Deus e para que ele receba, de uma forma milagrosa, a cura total.


O Messias Revelado

Nesta mensagem (em inglês), Asher compartilha sobre a identidade do Messias. Somos apresentados a Yeshua por seus apóstolos, contudo, ele é encontrado ao longo de toda a Escritura. De que maneira nós, como parte do corpo de Cristo, devemos abraçar a união entre as alianças com o povo judeu e os cristãos das nações que foram enxertados? (https://www.youtube.com/watch?v=4Z7vTkXJmVc)


Voltar