Voltar para Artigos


logo

©7 de agosto 2015 Revive Israel Ministries

Sem Murmurações nem Contendas?

Asher Intrater

Por muitos anos, tenho ensinado que a Nova Aliança é, de fato, um livro judaico. Exceto, talvez, por este versículo:
Filipenses 2.14: “Fazei tudo sem murmurações nem contendas.”

Será que o Rabino Saulo de Tarso realmente estava dizendo isso? J Discutir é praticamente nosso esporte nacional aqui em Israel. E murmurar faz parte da nossa cultura e herança judaica, desenvolvida durante milhares de anos. Ela está até registrada na Bíblia (repetidas vezes). 

Talvez a solução para esse problema teológico seja que Saulo (Paulo) estava escrevendo aos gentios. Sim, poderia se esperar que eles (não nós) conseguissem fazer tudo sem murmurar ou criar contendas.

Não, esse versículo é para todos, incluindo você e eu, judeu e gentio, homem e mulher, branco e preto, velho e novo. Não temos nenhuma desculpa. Aparentemente, os filipenses também tinham um probleminha com esse traço de caráter em particular. Se não, por que Paulo teria escrito a eles sobre isso? 

Se está na Bíblia, deve ser possível. Vamos orar: “Senhor, ajude-nos a fazer todas as coisas sem murmurações nem contendas, mas com graça e agradecimento. Amém."


Terrorismo Judaico

Katy Smith, Ministérios Maoz Israel

Tem sido uma semana triste em Israel, e ela pode ser resumida em duas palavras: terrorismo judaico.

Na quinta à tarde, seis pessoas foram esfaqueadas durante a parada anual do orgulho gay em Jerusalém. Uma das vítimas, uma jovem de 16 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no domingo. O autor do crime é um extremista ultraortodoxo, Yishai Shlissel, que acabara de ser solto da prisão após cumprir uma sentença por ter esfaqueado uma pessoa durante uma parada do orgulho gay dez anos atrás.

Na sexta-feira, duas casas na cidade de Duma na Cisjordânia foram incendiadas, matando um bebê de 18 meses e deixando seus pais e seu irmão de quatro anos de idade seriamente feridos. As paredes do lado de fora da casa foram pichadas com “Messias o rei” e “Vingança”, indicando que foram extremistas judeus do grupo “Price Tag” (etiqueta de preço) que fizeram isso.

Milhares de pessoas têm se reunido para protestar e dar apoio às vítimas dos dois eventos. O primeiro-ministro Netanyahu e outros oficiais do governo condenaram esses ataques e prometeram punir os terroristas. Até mesmo rabinos israelenses de várias seitas do judaísmo condenaram esses assassinatos absurdos. Colonos judeus e muçulmanos da Cisjordânia realizaram juntos um evento especial de oração, apegando-se à esperança de viverem pacificamente lado a lado.

Desde o ato terrorista em Duma, ocorreram vários outros cometidos por palestinos contra civis e soldados judeus. Dois mísseis foram lançados de Gaza para Israel durante a noite de domingo. Líderes mundiais e a mídia atacaram Israel, responsabilizando o nosso governo pela morte da criança. Mahmoud Abbas fez uma petição ao ICC (Corte Criminal Internacional) em Haia, para que Israel fosse condenado por crimes contra a humanidade.


Refugiados Judeus Ucranianos

O conflito na Ucrânia causou o deslocamento de 1,5 milhões de pessoas e a morte de milhares. De acordo com dados publicados pela Embaixada Ucraniana em Israel, há 95 mil cidadãos ucranianos em Israel por causa da guerra, e muitos outros que querem vir para cá.
Muitos refugiados judeus ucranianos ainda não foram legalizados pelo governo israelense e estão, portanto, em situações muito difíceis. Eles não podem trabalhar ou ter acesso a um plano de saúde e outros benefícios sociais. Nossos amigos em Shavei Tzion (Volte a Sião) estão ajudando esse grupo de muitas maneiras.

Eles estão distribuindo alimentos e já entregaram mais de mil pacotes até agora. Eles dão tours para os novos imigrantes. Trabalhando junto com uma equipe formada por guias messiânicos, eles organizaram 7 viagens, servindo aproximadamente 330 pessoas. Esses tours revelam a importância da Terra de Israel e de o povo judeu voltar para lá. Isso lhes dá um senso de propósito e os inspira a aguentar firme durante o difícil processo de imigração.
Cerca de 500 pessoas participaram das suas celebrações de Shabbat. Muitos deles nunca tinham visto um Rolo da Torá, ouvido orações judaicas ou lido os textos do Novo Testamento, em hebraico ou russo. O grupo “Return To Zion” (Volte a Sião) também criou um depósito para distribuição de aparelhos domésticos, lençóis e outros bens necessários. Ele funciona duas vezes por semana e abençoa muitas centenas de pessoas todo mês. Eles estão planejando começar dois cursos de evangelismo Alfa em outubro.

Jeremias 16 fala sobre uma época em o Senhor levará seu povo de volta para a terra pela mão de “pescadores” ou “caçadores”. A congregação de Shavei Tzion está fazendo um trabalho excelente e necessário. Gostaríamos de convidá-lo a, junto conosco, dar um apoio financeiro a eles durante esse momento crítico.

Para fazer uma doação, por favor, clique AQUI! Importante: na seção “area” selecione Shavei Tzion (Return to Zion), e na caixa que aparecerá logo abaixo selecione “Haifa / Upper Nazareth Soup Kitchen”.


Chamados para Sofrer

Nesta mensagem, Ron Cantor fala sobre o chamado dos cristãos a sofrer e compartilha sobre suas próprias experiências. A morte da nossa carne trará fruto e vida espiritual para nós mesmos e para os que estão à nossa volta. Então, como abraçamos o nosso chamado? Para assistir em inglês, clique AQUI!


Conferência Global Aglow

Convidamos você a se juntar ao Asher na Conferência Global Aglow International em Indianápolis, IN no mês de novembro, onde ele será um dos principais pregadores. Ele estará acompanhado pelo seu amigo, Harun Ibrihim, um ex-muçulmano que crê em Jesus, e outros líderes cristãos do mundo todo. Será um tempo poderoso de celebração e ministração! Faça sua inscrição hoje! http://aglow.org/get-involved/events/global-conference-2015


Voltar