Voltar para Artigos


logo

©22 de novembro 2013 Revive Israel Ministries

Fiel

Asher Intrater

A vida pode ser comparada a uma longa viagem ou corrida. Ao chegar à linha de chegada, você só deseja ouvir uma coisa; nenhuma outra lhe importará:

Mateus 25.21 – “Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei: entra no gozo do teu senhor.”

Deus nos concedeu graça por meio de Yeshua. Na verdade, ele nos deu todas as coisas. Tudo o que precisamos fazer é crer e confiar nele. Podemos ter fé nele porque ele tem sido fiel para nós. (No hebraico bíblico, a palavra para “fé” é emunah, e significa “fidelidade”.)

2 Timóteo 2.13 – “Se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo.”

Já que fidelidade é a natureza de Deus, queremos ser fiéis assim como ele o tem sido para nós. Somos fiéis a ele quando o somos às pessoas à nossa volta.

Na vida dos Patriarcas e Profetas, parece que Deus permitia, muitas vezes, que passassem por longos períodos em que não havia nenhuma evidência visível do cumprimento das promessas de Deus a eles. Não tinham nada a fazer a não ser permanecer fiéis. É possível que Deus os estivesse provando? Ou, quem sabe, a única forma de desenvolver fidelidade seja atravessar longos períodos sem bênçãos visíveis.

Até que ponto devemos ser fiéis? – Até o fim:

Apocalipse 2.10 – “Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.”

Em todo relacionamento, ainda que seja o melhor possível, você passará por períodos em que nada parece estar dando certo. Não teria razão alguma para continuar nele, do ponto de vista pessoal. É nessa hora que é preciso decidir se vai continuar sendo fiel àquele relacionamento ou não. Por quê? Simplesmente para ser fiel, por uma questão de fidelidade? Sim, exatamente por isso!

Yeshua deu a vida por nós quando nada parecia estar dando certo. Ele foi fiel a nós. Ele foi ferido, seu coração foi perfurado e sangrou até morrer, por causa da mera possibilidade de alguém lhe ser fiel, por gratidão.

Romanos 15.8 – “Cristo [o Messias] se tornou servo da circuncisão, por causa da fidelidade de Deus, para confirmar as promessas feitas aos patriarcas...” 

Um dos aspectos irônicos de ser o “povo escolhido” é que a multidão dos nossos pecados foi registrada na Bíblia para todo mundo ver. Através de todos os séculos, a despeito de nossos fracassos, pecados e traições, Deus foi – e ainda é – fiel a Israel. Yeshua é judeu, descendente de Abraão e Davi. Essa é uma expressão da fidelidade de Deus às suas promessas. Se ele foi fiel ao nosso povo, ele também o será a todos nós. Sejamos fiéis a ele, por gratidão!


Moon em Auschwitz

Yediot Achronot

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, visitou o campo de extermínio de Auschwitz na semana passada, acompanhado pelo Rabino Israel Lau. Numa das exibições, Moon viu o “Livro dos Nomes”, contendo os nomes de milhões de vítimas do Holocausto. Moon disse: “Declaro em voz alta e clara: Nunca mais”, antes de deixar ali uma coroa de flores em memória às vítimas.
Ore para que a verdade do que aconteceu no Holocausto seja reconhecida em toda a ONU.


Rabinos de Netivot

Roni Rejuwan, Cody Archer

Há um pouco mais de uma semana, na cidade de Netivot, no sul de Israel, dezenas de moradores queimaram pneus e bloquearam a entrada da cidade, após a decisão da justiça de manter em custódia um popular rabino local, Yoram Abergel. Ele é acusado de extorsão durante uma campanha recente de eleição municipal. O rabino Abergel é conhecido como um cabalista (místico), com 2 mil seguidores e patrimônio estimado em 35 milhões de shekels.

Há também acusações de que Abergel fez ameaças contra a família do rabino Yaakov Aibergan através da família criminosa da Máfia, Domrani. Aibergan é outro rabino cabalista muito rico, conhecido como “Raio-X”, por causa de seus supostos poderes de cura e de enxergar o interior das pessoas. Aibergan apoiou um candidato a prefeito que era concorrente daquele que Abergel estava ajudando.

De acordo com as informações, Abergel anunciou que aqueles que votassem para reeleger o prefeito atual seriam recompensados com absolvição de pecados e bênçãos financeiras. Depois da prisão de Abergel, centenas de seus seguidores reuniram-se do lado de fora da casa do rabino Aibergan com faixas declarando que sua magia não era bem-vinda naquela cidade.

Ore para que a justiça seja feita, e para que corrupção e ensinamentos falsos sejam expostos.


De Fukushima a Talcoban—A Tragédia nas Filipinas

Ariel Blumenthal

Muitos se lembrarão do nosso irmão e parceiro fiel no Japão, “Ikapi”, e do que fez em março de 2011. Ele, juntamente com sua família e os cristãos do Centro de Missão Global (Global Mission Center), perseverou em Fukushima em meio a terrível destruição e perda de vidas que resultaram da tríplice tragédia: terremoto, tsunami e ameaça de radiação (que ainda continua!). Um grande testemunho para o Senhor foi estabelecido ali.

No início da semana passada, recebi um e-mail dele: “Estou nas Filipinas, a caminho de Talcoban. Estamos montando um centro lá para prestar socorro, oferecer assistência e abençoar os necessitados – assim como fizemos em Fukushima”. Ele está trabalhando em conjunto com outro amigo pessoal meu, Kevin, um missionário coreano/norte-americano nas Filipinas. Eles precisam de nossas orações e sustento. Há pouco, abriram um fundo especial nas Filipinas. Se o Senhor o orientar a enviar-lhes uma oferta financeira emergencial, por favor, entre em contato com Bill: [email protected].

[Errata: No informativo da semana passada, afirmamos que as nações árabes muçulmanas do Oriente Médio ainda não estavam enviando muita ajuda às Filipinas. Entretanto, recebemos informações de que o governo da Arábia Saudita, do Rei Abdullah, enviou um donativo de 10 milhões de dólares para a região das Filipinas atingida pelo tufão.]


Voltar para artigos 2013